" Aguardando a Bendita Esperança e o Aparecimento da Glória do Grande Deus e Nosso Senhor Jesus Cristo."

Qual a boa música cristã?

Nem toda música religiosa é boa e nem toda música secular é má. Quando os princípios seguintes são aplicados a ambos os tipos de música, podem ser feitas escolhas para acomodar os gostos individuais, institucionais e culturais. Toda música deveria ser julgada pelo padrão indicado em Filipenses 4:8, dando consideração a:



1- Contexto: uma filosofia de música que é baseada em valores cristãos e crenças doutrinária da Igreja Adventista do Sétimo Dia.


2- Função e Adequação: a música que vai de encontro às necessidades espirituais e sociais para a nutrição, edificação, e crescimento do corpo coletivo.


3- Performance: uma demonstração de conhecimento, compreensão e habilidade para que se obtenha uma efetiva comunicação da mensagem pretendida através da música.


4- Decoro: presença de palco do músico tanto quanto suas maneiras e respeito aos ouvintes; tudo isso tem um tremendo impacto sobre o comportamento.


5- Estilo: conhecimento e compreensão do estilo a que pertence a música. A partir do momento em que a indústria da música rotula a música como “religiosa” somente por causa da letra (e não da música), se torna imperativo que os músicos sejam treinados para avaliar tanto a letra como a música a fim de evitar misturar o santo e o profano. Nossa música deve ser distintamente diferente do mundo e deve representar quem nós somos e o que nós somos – Cristãos Adventistas do Sétimo Dia. Traços culturais são meramente incidentais e não devem ser o foco ou a motivação para a escolha da música.


6- Letra: mensagens que atribuem louvor a Deus e reforçam as doutrinas e crenças da Igreja bem como reforçam valores morais (música secular), devem ambas edificar e elevar o espírito do ouvinte.

A boa música é aquela que:


1- Expressa os princípios do caráter de Deus (fé, verdade, reverência, obediência, respeito, amor, pureza, honestidade, sinceridade, alegria).

2- Pode ser interpretada ou ouvida na presença de Deus.

3- Salienta o crescimento e desenvolvimento espiritual e intelectual.

4- Não mistura o santo com o comum ou profano.

5- É apropriada para a ocasião.

6- É harmoniosa para o corpo, mente e espírito.

7- Tem qualidades artísticas – equilíbrio entre ritmo, melodia e harmonia.

1 comentários:

€ster disse...

Oi amigo!

Já confirmei seu blog na listagem da blogagem, leia atentamente as recomendações sobre a blogagem coletiva em meu blog,

Seja bem vindo!

um abraço,